aqui a pesquisa de 2017